Conheça Rio Branco, no Acre

O que achou deste artigo?
Bom
Regular
Ruim

Um estado brasileiro esquecido por muitos, o Acre guarda um pedacinho quase intacto da Amazônia para o viajante que gosta de turismo alternativo. Além disso, a cidade de Rio Branco foi palco para cenas marcantes na história do Brasil, como a Revolução Acriana, o Movimento Autonomista – de Território a Estado, e a importação de borracha para os Aliados na Segunda Guerra Mundial.

 rio branco.jpg

Os que gostam de explorar esse lado mais histórico das cidades devem conhecer locais como o Museu da Borracha (que tem em seu acervo coleções paleontológicas, arqueológicas, etnográficas e diversos dados sobre o desenvolvimento socioeconômico e cultural do Acre). A UFAC (Universidade Federal do Acre) também é um bom lugar para passear. O campi tem bastante área verde e é um ótimo lugar para descansar.

Os Complexos “Calçadão da Gameleira” e “Mercado Velho” também são pontos que devem ser conhecidos; enquanto o primeiro foi palco do apogeu da exploração de borracha e castanha na região, o segundo tem arquitetura do final da década de 1920, com a fachada voltada para o rio, principal acesso à região naquele então. A Catedral de Nossa Senhora de Nazaré, construída em 1959, também é uma ótima opção. Há um city tour que engloba um passeio a esses três lugares que vale bastante à pena.

Já os fãs do turismo de aventura devem procurar as diversas cachoeiras que tem na cidade, se quiserem fazer escalada, ou as trilhas – ideais para a prática de mountain bike.

Gostou das dicas? Compartilhe!

Imagem: Wikipedia

 

 

O que achou deste artigo?
Bom
Regular
Ruim

 

Links Patrocinados

ContatoPolítica de PrivacidadeQuero AnunciarJa sou anunciante

© 2009 - 2019 Portal Que Viagem Todos os direitos reservados

Página gerada em 0.073 s